Pórtico RFID UHF BC [GBPT420]

Pórtico de monitorização e segurança para bibliotecas com aviso sonoro (alarme) e luz intermitente.
SKU: GBPT420
Pórticos combinados para monitorização através de antenas RFID, leitor, som e sistema de alarme ativado por luz. Os pórticos BC-GBPT420 fazem todo o rastreio de bens (livros, DVD´s, Cd´s, revistas, etc.) anexados com uma tag RFID, se detetar que algum bem não foi devidamente autorizado a ser deslocado do local o alarme é disparado.
 
 
 
  • Alimentação: 220V AC
  • Faixa de frequência: 902-928MHZ (ou personalizado)
  • Modo FM: FHSS ou freqüência fixa definida pelo software
  • Saída RF: 20-30dBm ajustável
  • Conexão de Antena: 4 portas de antena SMA, 7dBi antena de polarização circular e altura da antena ajustável
  • Comunicação: LAN , RS232 , RS485 , Wiegand26/34
  • GP Interfaces I/O: 12 pinos + 4 pinos
  • Alarme: Som + Luz intermitente
  • Firmware: Mecanismo de Atualização
  • Área de Interface (TAG): EPC UHF mundial ISO-18000-6C (EPC G2), TK900
  • Distância de Leitura: 1,5-3m equipado com antena 7dBi (dependente da tag)
  • Temperatura de Funcionamento: -20 ºC a + 60 ºC
  • Humidade: 5% a 95% s/c
  • Material: Alumínio e Policarbonato
  • Peso: 20kg
  • Certificação: CE, FCC
  • Índice de Proteção: IEC IP51
  • Acabamento: Branco; Cor personalizada (opcional)
  • Dimensões: 180x35x20 cm
  • Opcionais: Cor personalizada
Pórticos combinados para monitorização através de antenas RFID, leitor, som e sistema de alarme ativado por luz. Os pórticos BC-GBPT420 fazem todo o rastreio de bens (livros, DVD´s, Cd´s, revistas, etc.) anexados com uma tag RFID, se detetar que algum bem não foi devidamente autorizado a ser deslocado do local o alarme é disparado.
 
 
 
  • Alimentação: 220V AC
  • Faixa de frequência: 902-928MHZ (ou personalizado)
  • Modo FM: FHSS ou freqüência fixa definida pelo software
  • Saída RF: 20-30dBm ajustável
  • Conexão de Antena: 4 portas de antena SMA, 7dBi antena de polarização circular e altura da antena ajustável
  • Comunicação: LAN , RS232 , RS485 , Wiegand26/34
  • GP Interfaces I/O: 12 pinos + 4 pinos
  • Alarme: Som + Luz intermitente
  • Firmware: Mecanismo de Atualização
  • Área de Interface (TAG): EPC UHF mundial ISO-18000-6C (EPC G2), TK900
  • Distância de Leitura: 1,5-3m equipado com antena 7dBi (dependente da tag)
  • Temperatura de Funcionamento: -20 ºC a + 60 ºC
  • Humidade: 5% a 95% s/c
  • Material: Alumínio e Policarbonato
  • Peso: 20kg
  • Certificação: CE, FCC
  • Índice de Proteção: IEC IP51
  • Acabamento: Branco; Cor personalizada (opcional)
  • Dimensões: 180x35x20 cm
  • Opcionais: Cor personalizada
O library.track é a solução RFID mais inovadora do mercado para fazer a gestão automatizada de bibliotecas de acordo com a norma UNIMARC de uma forma rápida, fácil e com 100% de segurança contra roubos e extravio de artigos. O library.track permite automatizar as principais tarefas de gestão de bibliotecas. Após a etiquetagem/codificação dos vários itens (e coleções), o inventário, o check-in/check-out e o controlo de furtos (nas portas de entrada/saída) são feitos de forma automática utilizando as potencialidades da tecnologia RFID.
 
Visite o site da solução em http://library.track.pt
 
Caraterísticas:
 
  • Identificação unívoca de cada um dos acervos bibliográficos através de tags RFID.
  • Registo e identificação dos utilizadores com recurso a um cartão RFID ou outro.
  • Controlo das entradas e saídas através de leitores RFID integrados que, no caso de sair algum artigo não autorizado, despoletam um alarme.
  • Possibilita a integração de quiosques de self check-in e check-out no sistema.
  • Permite a inventariação dos acervos de forma rápida e fácil, bastando passar o leitor RFID portátil perto dos artigos a inventariar.
  • Inserir e gerir informações referentes a entidades. A entidade é representada por uma empresa, uma instituição, um indivíduo (estudante, staff, funcionário).
  • Inserir e gerir informações referentes aos artigos inseridos na aplicação. Os artigos são subdivididos em: Livros, Vídeos, Revistas / Periódicos, Músicas e Software.
  • Gerir os artigos de acordo com a norma UNIMARC (O UNIMARC é o formato normalizado para troca de dados bibliográficos com as bibliotecas cooperantes, sendo também utilizado pelos sistemas de gestão documental de grande parte das bibliotecas em Portugal. É uma norma complexa, da família de formatos MARC – Machine-Readable Cataloging, que define um elevado número de elementos tanto para uso generalizado como para utilização específica.).
  • Registar movimentos (entrada e saída) dos artigos por entidade. Entrada (Check-in) representa a devolução de artigos, enquanto que a Saída (Check-out) representa requisição de artigos.
  • Definir permissões no sistema por tipo de utilizado.
  • Observar um conjunto de informações através de relatórios e análise de dados. Estes permitem que o utilizador analise resultados parciais ou totais de uma determinada atividade.
  • Visualizar e analisar determinadas informações através de gráficos intuitivos (dos quais o Top 10 e Top Requisições).
*
*
*
*